Tratamento de lesões de furca classe II em humanos

Avaliação clínica da técnica de regeneração tecidual guiada utilizando uma barreira de óxido de Alumínio no tratamento de lesões de furca classe II em humanos: relato de 12 casos.

O propósito deste estudo é avaliar o comportamento clínico de uma barreira não reabsorvível de óxido de alumínio. no tratamento de lesões de furca tipo classe II em molares inferiores. A amostra inclui 12 indivíduos (seis homens e seis mulheres) com idade variada entre 28 e 64 anos ( média de 45,5), com diagnóstico de doença periodental  de moderada a avançada e presença de defeiotos de furca classe II com profundidade de sondagem de 5,0mm após terapia básica.

Faça Download em PDF: