Comportamento da Gengiva Marginal

Comportamento da Gengiva Marginal em Dente Provisório de Acrílico Impregnado com Antisséptico de Longa Duração.

A coroa dental provisória é um dispositivo restaurador que tem como função devolver o formato original, não possuindo propriedades físicas suficientes para permanecer um longo tempo e pode se apresentar com a superfície irregular e porosa, o que dificulta a higienização e facilita aderência e o acúmulo de biofilme. Quando a rugosidade superficial é acima de 0,02 micrômetros sua superfície se torna mais passível de colonização, pois permite que os microrganismos se desenvolvam e se alojem no interior das ranhuras formadas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento da gengiva marginal em torno de dente provisório de acrílico. Buscou-se, primariamente, um agente antimicrobiano capaz de controlar a contaminação bacteriana e a estabilidade farmacológica capaz de permanecer ativamente no local durante longo tempo. Foi feito um estudo clínico randomizado do tipo duplo-cego, incluindo 40 indivíduos de ambos os gêneros, maiores de 18 anos, que necessitavam de um dispositivo restaurador de coroas totais. Em cada paciente selecionado, foi necessário confeccionar um provisório de coroa total, até a confecção final da prótese; no grupo experimental (n=20), o provisório foi instalado com a aplicação da pomada antisséptica Proheal® e no grupo controle (n=20), não foi utilizado o antisséptico. Os resultados apontaram na estatística descritiva dos grupos com
e sem a pomada que o grupo experimental (GE) apresentou uma média de mÍndice de Depósito de Placa (IDP) de 0,4 no sétimo dia e de 0,05 no 15º dia. O grupo controle (GC) apresentou uma média de IDP de 1,1 no sétimo dia e 0,9 no 15º dia. O GE apresentou uma média de Índice de Sangramento Sulcular (ISS) de 0,35 no sétimo dia e de 0,2 no 15º dia. O GC apresentou uma média de ISS de 0,85 no sétimo dia e de 0,9 no 15º dia. Estes resultados mostraram que houve uma acentuada redução nos índices periodontais
no grupo experimental comparado com o GC que não recebeu a aplicação do Proheal®), o que demonstrou a eficácia do antisséptico nesta redução.

        Faça o download clicando no botão abaixo:

[dt_button el_class=”Link” link=”https://biomacmed.com.br/wp-content/uploads/2017/12/TCC-Silva-AC-MOD-Comportamento-da-gengiva-marginal-em-torno-de-dentes-provisórios-utilizando-o-Proheal-2015.docx” target_blank=”true” button_alignment=”center” animation=”bounce” size=”big”]Baixar[/dt_button]